__ (71) 3021-5353 ____ _ contato@rbdimagem.com.br

Primeira PPP de diagnóstico por imagens do Brasil consolida operação no Estado da Bahia

Evento reúne técnicos da Sesab e da Rede Brasileira de Diagnóstico (RBD) consolidando a primeira Parceria Público-Privada de diagnósticos por imagens do Brasil.

A Rede Brasileira de Diagnósticos (RBD) inaugura, no próximo dia 30 de setembro, sua sede em Salvador, com presença do secretário de Saúde do Estado, Fábio Vilas Boas. A empresa foi a vencedora da concorrência pública, promovida pelo Estado da Bahia, para formar a primeira Parceria Público-Privado de diagnóstico por imagem do Brasil. Um contrato de 11 anos, assinado em fevereiro de 2015, que prevê investimentos de cerca de R$ 100 milhões.

Segundo Fernando Pereira, presidente da RBD, a empresa será a responsável pela gestão e operação das áreas de diagnóstico por imagens de 12 hospitais do Estado, incluindo a contratação de técnicos e médicos, assim como a compra e manutenção dos equipamentos. Pelo modelo, serão realizados exames de raio x, ressonância magnética, tomografia e mamografia. “A PPP soluciona alguns dos principais desafios da Saúde no Brasil. Traz para o serviço público a forma de gerir da iniciativa privada. Proporciona investimentos na atualização tecnológica e atrai a mão de obra altamente especializada que esse segmento precisa, principalmente na área de diagnóstico por imagem”, afirma Fernando. “Com esta inovadora PPP, sem dúvida, a Secretaria de Saúde do Estado da Bahia deu um importante passo para a modernização da Saúde no Estado”, completa o presidente da RBD.

Quando as três fases do projeto estiverem implantadas, que deve ocorrer no início de 2016, a previsão é que se realizem, por ano, mais de 500 mil exames de diagnósticos por imagem para pacientes oriundos de todo o Estado. “É difícil fazer uma projeção exata, principalmente porque, quando se aumenta a capacidade de um serviço de diagnóstico, a sua utilização também aumenta imediatamente, pois existe uma demanda reprimida para este tipo de serviço. O certo é que estaremos à disposição dos cerca de 13 milhões de habitantes da Bahia que, por não terem um plano de saúde privado, dependem do SUS para realizarem seus exames”, afirma Fernando.

Diferencial

Para o Dr. Gustavo Balthazar, diretor médico da RBD, a criação da Central de Laudos é o grande diferencial do projeto. Os exames realizados nos 12 hospitais do Estado, serão encaminhados, via internet, para esta Central, onde estarão médicos especialistas de várias áreas. “O laudo será feito por um especialista e o médico, no hospital onde está o paciente, poderá dedicar-se a outras atividades”, avalia Dr. Gustavo.

A expectativa com este serviço e com a informatização de todo o sistema é que os laudos para casos de urgência sejam emitidos em até duas horas. “Os pacientes vão ficar menos tempo esperando para serem diagnosticados. Consequentemente, serão atendidos mais rapidamente, abrindo vagas para novos usuários do sistema”.

Complementariedade

A Rede Brasileira de Diagnóstico é fruto da união de três outras instituições. A Alliar, considerada uma das maiores redes de medicina diagnóstica do país, a FIDI, fundação especializada na gestão de diagnósticos por imagens para hospitais públicos, e a Philips, empresa holandesa que se destaca por sua tecnologia para equipamentos voltados à saúde. “Temos grande sinergia. Nos completamos, pois aliamos experiência e tecnologia para oferecermos os melhores serviços em diagnósticos por imagem”, finaliza Fernando.

Fonte: Jornal Agora

Deixe uma resposta

Fechar Menu